• 25/05/2015

    Próstata. Vamos falar sobre ela?

    Aposto que você conhece alguém que só de ouvir a palavra já muda de assunto, não quer falar sobre ou ainda, ignora.

    Situada abaixo da bexiga e a frente do reto, a próstata é uma glândula masculina que produz o sêmen. Assim como os demais orgãos, ela pode desenvolver câncer e é o toque retal que consegue detectar as alterações. O exame de toque ainda é tabu entre os brasileiros e o “não falar sobre isso” resulta em dignósticos tardios e diminuição das chances de tratamento.

    Estima-se que quase 70 mil novos casos surgem todo ano, e 20% deles são descobertos tarde demais. O tumor de próstata é o segundo mais comum no Brasil, e corresponde a 10% de todos os casos diagnosticados.

    No início, a doença não apresenta sintomas. Estes, quando aparecem, já indicam que o tumor está avançado. Nessa fase o homem pode sentir dor lombar, bacia e joelhos, problemas de ereção, e sangramento. Se você conhece alguém com os sintomas, aconselhe a procurar imediatamente o urologista.O tratamento pode incluir prostatectomia radical (remoção cirúrgica da próstata), radioterapia, hormonoterapia e uso de medicamentos.

    A opção e intensidade dos métodos dependem do tamanho do tumor e das características do paciente.Para reduzir os riscos e ter mais qualidade de vida é recomendado a prática de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada. Após os 50 anos, o homem deve realizar o exame de toque  preventivo anualmente. Essas medidas diminuem o risco da doença e caso ela apareça, as chances de cura são maiores que 80%. 

     

    Leia também:

    Varizes, microvarizes ou varicoses? Entenda a diferença.

    Quando foi o seu último check-up.

    Doutor, minha cabeça vai explodir.

     

    Aproveite e agende sua consulta, aqui.